Cada um na sua casa, festas juninas animam a quarentena

O brasiliense já ama um cuscuz por natureza. No mês de junho então, a receita é uma boa pedida para se alimentar bem e entrar no clima das Festas Juninas, cada um na sua casa. Como a palavra de ordem agora é a adaptação e novos hábitos, curtir os festejos juninos no conforto do lar com a família pode ser um caminho gostoso para não deixar as tradicionais comemorações do mês passarem em branco.

A base do sucesso das receitas juninas
Em casa, festa junina com estilo e sabor

Para quem tem crianças pequenas, a festa se torna ainda mais divertida, pois é possível decorar o quintal, ou até mesmo a sala com bandeirinhas, chapéu de palha e fitas coloridas. De descendência nordestina, a empresária Rosângela dos Santos, de 35 anos é mãe de duas filhas e para elas Festa Junina é compromisso certeiro na agenda todos os anos. Apaixonada pela energia do São João, ela conta que a comemoração movimenta toda a família. “A vovó faz os vestidos, o pai escolhe os chapéus e a apresentações das quadrilhas eram o auge da festa. “Dá um aperto no coração não sentir isso de pertinho, festa junina une familiares e amigos num momento de alegria e amor”, lembra.

Vinhos - A nutricionista destaca ainda a preferência ao vinho durante as festividades. A escolha é uma boa pedida para aquecer e, além disso, seu consumo moderado faz bem ao coração. "O vinho é rico em flavonóides, resveratrol, e antioxidantes que combatem os radicais livres", reitera. A linha MaCool, por exemplo, é exclusividade do Fort Atacadista e está com valores promocionais em sua lâmina digital, com pagamento facilitado em até 4 vezes sem juros, pelo Vuon Card. E no inverno esse parcelamento segue até o dia 31 de agosto.

Canjica, uma das sensações da época
Com a pandemia, a festa ganhou nova versão e a criançada não vai deixar o vestido caipira guardado. A família já comprou o milho, a farinha de fubá, o amendoim, a pipoca e a programação vai contar até com uma mini pescaria de prendas.  A ideia é preparar os quitutes juntos em família, como a canjica, o milho cozido e os caldos. “Tenho certeza de que a pandemia vai passar logo, mas enquanto isso a gente se diverte em casa, com brincadeiras e delícias juninas”, afirma Rosângela.

De olho na saúde - Alguns alimentos típicos da data são considerados mais adequados para quem não quer exagerar. O milho verde, por exemplo, possui carboidrato com muita fibra, mas deve ser consumido com pouco sal e sem manteiga. O cuscuz é um dos pratos queridinhos das festas juninas. Neste caso, a versão preparada com legumes, ovos e atum pode ser uma boa escolha. 

Compondo a mesa de delícias, vem a batata doce, rica em carboidratos e vitaminas e podendo ser cozida ou assada. De acordo com a nutricionista do Fort Atacadista, Erika Milla Freitas Lima, o importante é não fazer um consumo exagerado dos alimentos, pois isso sempre trará resultados negativos para a saúde. “Consuma alimentos mais saudáveis e mantenha o corpo hidratado. O amendoim, por exemplo, apesar de calórico, contém gordura boa. O ideal é dar preferência aos torrados em casa e com casca, pois os industrializados possuem muito sódio”, indica a especialista.

Todos os itens da sua mesa junina podem ser encontrados nas lojas do Fort Atacadista no Distrito Federal.

Colaboração: Hellen Quida
Assessora de Imprensa Fort Atacadista DF